sexta-feira, 15 de outubro de 2010

A Gravidez na Adolescência


A adolescência é uma fase bastante conturbada na maioria das vezes, em razão das descobertas, das ideias opostas às dos pais e irmãos, formação da identidade, fase na qual as conversas envolvem namoro, brincadeiras e tabus. É uma fase do desenvolvimento humano que está entre infância e a fase adulta. Muitas alterações são percebidas na fisiologia do organismo, nos pensamentos e nas atitudes desses jovens.

A gravidez é o período de crescimento e desenvolvimento do embrião na mulher e envolve várias alterações físicas e psicológicas. Desde o crescimento do útero e alterações nas mamas a preocupações sobre o futuro da criança que ainda irá nascer. São pensamentos e alterações importantes para o período.

Adolescência e gravidez, quando ocorrem juntas, podem acarretar sérias consequências para todos os familiares, mas principalmente para os adolescentes envolvidos, pois envolvem crises e conflitos. O que acontece é que esses jovens não estão preparados emocionalmente e nem mesmo financeiramente para assumir tamanha responsabilidade, fazendo com que muitos adolescentes saiam de casa, cometam abortos, deixem os estudos ou abandonem as crianças sem saber o que fazer ou fugindo da própria realidade.

O início da atividade sexual está relacionado ao contexto familiar, adolescentes que iniciam a vida sexual precocemente e engravidam, na maioria das vezes, tem o mesmo histórico dos pais. A queda dos comportamentos conservadores, a liberdade idealizada, o hábito de “ficar” em encontros eventuais, a não utilização de métodos contraceptivos, embora haja distribuição gratuita pelos órgãos de saúde públicos, seja por desconhecimento ou por tentativa de esconder dos pais a vida sexual ativa, fazem com que a cada dia a atividade sexual infantil e juvenil cresça e consequentemente haja um aumento do número de gravidez na adolescência.

 Hoje eu queria falar desse assunto pq fiquei em estado de choque quando soube que algumas colegas minhas entre 16 e 19 anos engravidaram, sinceramente fiquei chocada sei lá, nunca imaginei q elas engravidariam antes de se casar, por simplesmente esquecer de usar um método contraceptivo, eu sempre tive e tenho esse pensamento "deixar de ser virgem e ter filhos depois de casar" pq eu pelo menos fico tranquila sobre esse assunto e minhas colegas sempre pareceram q não queriam ter filhos aos 16, 17 ou 18 anos, mas fazer oq aconteceu, mas pq por que elas "esqueceram" de usar o metodo tradicional a camisinha é muito estranho ver minha colega com uma barriga enorme por acaso ela sabe o q vai fazer depois q essa criança nascer, falam q vão fazer isso e aquilo, mas será q elas vão conseguir manter o futuro q elas tinham em mente, eu não sei  mas eu sei q elas estão felizes e isso me deixa feliz.

4 comentários:

Páginas Da Minha Vida disse...

sabe, eu não sou contra a sexo antes do casamento,mas sou contra a sexo sem proteção! além das DST's ainda tem o problema de uma gravidez indesejada.ainda mais elas, novinhas novinhas...

bom final de semana,

bjs

Spytes disse...

hahhahhaha
sabe que eu tambem achei que nunca mais ia postar! vc esta em que ano do ensino medio?

Nossa, seu blog ta diferente!! ta uma gracinha *-*

eu tambem nao sou contra sexo antes do casamento, mas nao pode ser com qualquer um. e quanto a engravidar cedo, eu tenho muita vontade. se eu pudesse, engravidaria por volta dos 20 anos. mas é complicado, porque por mais que seja muito bom, atrapalha muito se vier na hora errada.
se elas souberem administrar e nao abandonar, pode dar super certo e ser muito bom no futuro.

Beeijos

Myla disse...

bom post!
nenhuma amiga minha engravidou, mas acho que seria estranho, bom antes um bebê que uma doença.
quanto ao sexo depois do casamento eu sou a favor, tou nem aí pra o que a sociedade diz, cada um sabe de si, mas sou totalmente a favor da proteção, isso é certo :)

Cíntia Mara disse...

Complicado isso, né? A maioria das meninas hoje em dia não pensa mais em se casar virgem, o sexo faz parte do dia-a-dia. Espero mesmo que suas colegas sejam felizes e que consigam criar seus bebês da melhor forma possível.

Beijos