segunda-feira, 28 de novembro de 2011

10 curiosidades sobre o sonho




Desde a antiguidade, tentamos encontrar explicações para os sonhos, seja significados sobrenaturais até respostas para as perguntas mais prosaicas, como por que não lembramos tudo que sonhamos.

AS PESSOAS EM COMA SONHAM?

Segundo Luciano Ribeiro Pinto, neurologista da Associação Brasileira do Sono, ainda não existe estudo comprovando que isso realmente aconteça. Segundo o médico, no estado de coma ocorre um comprometimento do cérebro, portanto o indivíduo não tem um sono que passa pelas fases normais, incluindo a fase REM, período em que ocorrem os sonhos. Para saber se a pessoa em coma sonha, seria preciso que o doente tomasse consciência e verbalizasse o sonho aos médicos, diz Ribeiro Pinto.

POR QUE MUITAS VEZES NÃO LEMBRAMOS DOS SONHOS?

Muitas pessoas se lembram de quase todos os seus sonhos, porém esquecê-los não é motivo de preocupação. De acordo com o neurologista Luciano Ribeiro Pinto, qualquer um pode conseguir lembrar seus sonhos. “É uma questão de hábito. Para recordar é preciso ter tempo de passar o que sonhamos para a memória, por isso precisamos permanecer um pouco acordados após o sonho, para que os pensamentos sejam registrados”, explica.
Portanto quando acordamos e lembramos de um sonho, mas logo após voltamos a dormir, podemos rapidamente esquecê-lo. Outra situação que facilita a lembrança é quando o sonho tem um forte conteúdo emocional, que seja de tal forma impactante que não consigamos esquecê-lo.

É POSSÍVEL CONTROLAR OS SONHOS?

No filme A Origem, o personagem de Leonardo DiCaprio era capaz de controlar os sonhos. E, por incrível que pareça, isso não é apenas coisa de cinema e pode acontecer na vida real. Segundo o neurologista Luciano Ribeiro Pinto, existem algumas maneiras para aumentar esse controle. Exercitar a concentração, meditar sobre um tema e ter atenção antes de dormir são algumas das melhores maneiras.
Ele ainda destaca que esses métodos são bastante usados na terapia comportamental para pessoas que sofrem com pesadelos. Os pacientes utilizam as técnicas para poder identificar quando estão tendo pesadelos, para que possam tomar controle da situação e assim amenizar o sonho ruim.

POR QUE TEMOS PESADELOS?

O pesadelo tem diversas causas. Eles podem ter origem em efeitos psicológicos, em causas médicas e também por estresse pós-traumático. O neurologista Luciano Ribeiro Pinto explica que alguns medicamentos podem trazer pesadelos como efeitos colaterais. Distúrbios do sono, como ronco e apneia, em que a pessoa para de respirar, podem causar pesadelos com sensação de sufocamento. Experiências muito ruins, como um acidente traumático, podem levar o indivíduo a reviver essa experiência nos sonhos.

POR QUE SONHAMOS COM AS COISAS QUE ACONTECEM DURANTE O DIA?

Segundo o médico especialista no sono Denis Martinez, os sonhos são expressões da memória. Uma das teorias que existem é que seria feita uma seleção, em que as coisas mais importantes são armazenadas e as mais irrelevantes são esquecidas. Por serem uma continuidade do nosso dia, as lembranças surgem de maneira aleatória, por isso, normalmente, aparecem de forma confusa.

O SONHO TEM SIGNIFICADO?

Aquela história que cada objeto tem um sentido único não existe, diz Luis Flávio Couto, professor de psicanálise da PUC-Minas. “A ideia de interpretação dos sonhos é algo mais folclórico, pois os acontecimentos não têm um significado oculto, eles são bem claros”, diz.
Couto explica que as mensagens dos sonhos são de cada um para si mesmo, então cabe à própria pessoa interpretar o que significam. “Eles não têm um significado universal, a apresentação dele já é uma forma de o sujeito se explicar para si mesmo”, afirma o psicanalista.

TODAS AS PESSOAS SONHAM COLORIDO? E OS CEGOS SONHAM?

Muitas pessoas sonham em preto e branco, mas não sabem o motivo. Segundo o neurologista Luciano Ribeiro Pinto, isso é uma característica individual. Existem pessoas que sonham mais em preto e branco, enquanto que outros têm sonhos predominantemente coloridos.

Os cegos não têm o componente visual, portanto seus sonhos serão mais ricos em sensações auditivas e táteis. Assim como no caso do ser humano, que quando está na fase REM, mexem os olhos, outros animais, quando estão na mesma fase, costumam movimentar o focinho, que é por onde tem o seu sentido mais aguçado, o cheiro. O médico também explica que os indivíduos que ficaram cegos ao longo da vida também perdem, junto com a visão, a possibilidade de sonhar por meio de imagens.

HÁ TEMAS COMUNS ENTRE OS SONHOS?

Existem temas comuns como família, amigos e sexualidade. Mas de acordo com o neurologista Luciano Ribeiro Pinto, é difícil precisar um padrão. “Os sonhos que temos durante a fase REM são pensamentos diversos, memórias que surgem aleatoriamente. Sentimentos, como ansiedade e nervosismo também podem também ser fatores que influenciam”, afirma.

NÓS SONHAMOS APENAS COM PESSOAS QUE CONHECEMOS?

Sabe aquele sonho estranho que você teve com alguém que você mal conhece? Ele pode acontecer. O neurologista Luciano Ribeiro Pinto explica que, quando dormimos, os nossos pensamentos são uma continuidade dos fatos do dia, portanto qualquer coisa que vimos pode aparecer. Mesmo se você cruzou com um total estranho na rua, mas ele ficou gravado na sua memória, ele pode estar no seu sonho. “Os sonhos são muito criativos, portanto qualquer acontecimento do nosso dia pode se manifestar”, explica Ribeiro.

QUANTO TEMPO SONHAMOS POR NOITE?

O neurologista Luciano Ribeiro Pinto explica que o sonho acontece na fase REM (Rapid Eye Movement), período que corresponde de 20% a 25% do período que estamos dormindo. Portanto, se descansarmos aproximadamente 8 horas diárias, permanecemos nessa fase entre um hora e meia e duas horas. Esse momento é caracterizado pelo movimento rápido dos olhos e pela atividade cerebral ser semelhante à de quando estamos acordados.

E ai gostaram? Quero saber

Bjss

sábado, 26 de novembro de 2011

Lembra...



Lembra daquela noite que estava chovendo, e você me ligou dizendo
que sentia minha falta, e que não via a hora de me ver, eu hoje lembro
daqueles momentos, dos momentos maravilhosos que passamos juntos
que não víamos a  hora passar mas quando passava, não queríamos
nos separar, como se nunca mais nos veríamos, e esse tempo chegou
hoje a gente não se vê, e nem se fala, eu quase não sinto sua falta, e eu
tenho certeza de que você nem lembra de mim, por que se lembrasse me 
ligaria pelo menos pra dizer que sente minha falta, falta dos momentos
que passamos juntos, eu sei que nunca mais ficaremos juntos por que 
acabou, a única coisa que eu sempre desejo, é que você seja feliz mesmo
sem mim, mesmo que nós somos felizes separados do que juntos.


quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Malucos Beleza


Eles são tranquilos, da paz, adoram dar abraços, conselhos e geralmente estão ligados aos astros e à natureza. Hoje eu apresento os malucos beleza da ficção.
Tem cada um: jovem, velho, homem, mulher com suas roupas coloridas e corações abertos. Os malucos beleza da vez são Zambeze (Totia Meirelles) e Álvaro (Wolf Maya), no ar na novela "Fina Estampa".
Confira abaixo a lista e divirta-se!

Fazendo um grande sucesso na novela “Fina Estampa”, Zambeze (Totia Meirelles) é a “maluca beleza” da vez. Para começar a loucura, ela mora em uma pousada, que tem um nome que inspira tranquilidade, paz e amor: Recanto da Zambeze. Usando roupas bem larguinhas e confortáveis, Zambeze já ficou marcada pelas peças coloridas e também pelo alto astral, é claro!

Álvaro (Wolf Maya) é marido de Zambeze e tem bastante a ver com a esposa no quesito “maluco beleza”. Boa praça e sempre de bem com o mundo, ele tem até um dia a dia de paz com a vida: ele é dono e trabalha em um quiosque de frente para uma praia do Rio de Janeiro.

Augusto César (José Mayer) perdeu a esposa por conta de um acidente e resolveu viver afastado da civilização em “A Favorita”. Na companhia do filho, ele tinha uma casa no meio do mato repleta de móveis antigos, espelhos e aparelhos para estudar as estrelas. O maluco beleza vivia afastado de todos, mas tinha o coração cheio de sentimentos bons.

Cristal (Sandy) era uma menina meiga que vivia em uma cidadezinha de pessoas bem simples e ligadas à natureza em “Estrela Guia”. Filha de um empresário e de uma hippie, Cristal usava roupas "do movimento" e até morava em um local com nome “maluco beleza”: Arco da Aliança.

Vestindo uma espécie de bata e um escapulário sempre em mãos, Joselito (Bruno Garcia) pode ser considerado um maluco beleza. Mas, não tão beleza assim. Amigo fiel de Iara (Claudia Jimenez), ele empresta seus dons de falar com espíritos para que ela engane alguns clientes em troca de muito dinheiro.

E ai gostaram?
Bjss

sábado, 19 de novembro de 2011

Curti...


Curti é bom mas curti demais cansa, depois de um tempo sentimos falta da família e dos amigos.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

A importância do demaquilante

Olá

Todo mundo aqui no blog sabe que eu não sou de postar nada sobre maquiagem ou coisa parecida, mas hoje eu decidi postar alguma coisa sobre o assunto espero que gostem.

Hoje eu vou postar sobre a importância do demaquilante.


Demaquilante é fundamental na necessaire: É sempre válido carregar um pouco de demaquilante na bolsa. Mulheres adeptas de batons de cores fortes ou olhos carregados com lápis não podem se descuidar de remover a maquiagem para reaplicá-la. 






Demaquilante é melhor do que a combinação água + sabonete facial: Ele foi produzido com ingredientes voltados para a remoção da maquiagem, com ingredientes que possuem afinidade com a pele. Muitas vezes, o sabonete pode agredir a pele e não remover a maquiagem – ainda mais à prova d'água. 

Qual é o melhor tipo: creme, líquido, gel, bifásico ou em lenço? Dê preferência aos produtos bifásicos, que servem tanto para o rosto quanto para a região dos olhos. Quando a maquiagem é muito resistente ou à prova d’água, definitivamente, esta é a melhor escolha a ser feita. 

O demaquilante certo para cada tipo de pele: Quando a mulher possui uma pele muito oleosa, ela deve evitar o bifásico e o demaquilante em creme – quando este for muito 'pesado' e possuir óleo na composição. Mulheres de pele seca devem dar preferência ao creme ou gel para não agredir a pele. As que têm pele normal podem fazer uso de todos os tipos de demaquilantes. 


Após o demaquilante, é recomendável utilizar algum outro produto sobre a pele: Recomenda-se passar um pouco de água, para retirar qualquer excesso que possa ficar na pele, e depois aplicar água termal ou hidratante facial. 

O demaquilante para os olhos é diferente do indicado para o rosto: A área dos olhos é mais sensível e pede produtos especialmente desenvolvidos e testados para essa região. 

Para limpar os cílios, é melhor aplicar o produto com algodão ou com os dedos? Deve-se tomar muito cuidado com a região para não prejudicar os cílios e quebrá-los. O ideal é molhar o algodão e fazer rápidas compressas para amolecer o produto. Depois do procedimento, passe com delicadeza o demaquilante sobre os cílios. 

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Você...



Quantas vezes eu achei que você estava bem perto mas descubro que era só uma mera ilusão, teve até uma vez que eu achei que tinha te encontrado, mas eu estive fora de mim, quando eu voltei pra mim eu vi que não era você a primeira coisa que eu pensei foi em fugir mas vi que não posso machucar essa pessoa, então pensei só tinha um jeito falar a verdade e foi o que fiz, não quero mais magoar ninguém mesmo que as vezes é inevitável, agora eu me pergunto onde você está, por que ainda não está comigo, do meu lado, nos amando mas não, você quer esperar a pergunta é pra que? Não quero mais esperar eu quero você pra mim e agora, saber que você está por ai só esperando o momento certo me faz querer gritar e pedi pra que esse tempo acabe agora, não quero mais esperar, essa espera me angustia me faz pensar que você não existe, mas eu sei que você existe e que você está por ai, por favor venha logo, não sei se vou aguentar por muito tempo.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Por que quando o Super Homem...

Olá

Hoje eu estava navegando na internet quando me deparei com isso.

Por que quando o super homem coloca os óculos ninguém o reconhece?


Aí eu resolvi ler pra ver qual era o segredo, e a resposta você saberá agora.


Clique para ampliar



E ai vocês acreditam?

Bjs

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Famosos com a palavra: No verão, não pega bem...


Os casacos, toucas, meias e luvas voltam para o guarda-roupa e dão lugar às saias curtas, óculos escuros, sungas, biquínis e tudo o que o verão tem de direito... Afinal, a estação quente do ano está chegando!
Vamos conferir as opiniões dos nossos famosos.

Adriane Galisteu
"Pochete. Não consigo achar legal em hipótese alguma [risos]. Eles tentam voltar com isso o tempo todo não sei pra quê."

Suzana Pires

Homens: "Sunguinha fina é 'uó'. Não pode!"
Mulheres: "Biquíni muito pequeno acho feio!"


Maria Paula
Homens: "Eu não gosto muito de boca de sino pra homem. Não faz meu estilo."
Mulheres: "Não gosto pra niguéeemm [risos]. Boca de sino não é a minha [risos]."



Giovanna Ewbank
Homens: "Sunga branca. Não gosto nada, gente."

Monique Alfradique
Homens: "Ai... camisa aberta. Pra quê usar aberta, gente? Ah, dá uma fechadinha, né... não precisa."
Mulheres: "Nossa, as gordurinhas aparecendo.. não é legal."


Pitty
"Ah, sandália papete não dá. Tanto para mulher quanto para homem."

Talula
Homens: "Regata muito fininha. Odeio regata muito fina. Mas adoro quem usa bota."
Mulheres: "Saia muito curta. Acho que se tiver muita perna, grossa, fica vulgar. Quando era adolescente eu usava muito, mas agora não dá mais."
Rodrigo
Mulheres: "Maiô.. Nunca vi na praia um maiô belíssimo."
Homens: "Homens, por favor, nada de pochete!"



Marina Ruy Barbosa
Homens: "Ai. Não gosto de quem usa pochete. Não é legal."
Mulheres: "Roupa muito decotada não pega bem."

Mariana Rios
Homens: "Sunga com celular pendurado! Gentee... [risos] é péssimo isso."
Mulheres: "A combinação: calca jeans, barriga de fora e um top."

E vocês o que acham, No verão o que não pega bem?

Bjss


sábado, 5 de novembro de 2011

Não fique esperando o amor cair do céu!




  Para muitos a ideia do amor encantado ainda rege suas vidas afetivas. Esperam que sem qualquer esforço aquele par ideal surja e que sejam, como dizem, felizes para sempre. A ideia de amor romântico funciona por um breve período da vida, na adolescência, quando a combinação de sonhos, fantasias, ingenuidade e inexperiência levam a essa crença. É a fase do primeiro amor, das primeiras experiências de interesse por alguém, um ensaio juvenil que os prepara para a vida amorosa adulta. 

 Ocorre que inúmeros adultos, homens e mulheres, possivelmente mais as mulheres pelo que vemos em depoimentos e testemunhos, cristalizam e paralisam suas vidas sem que consigam sair desse sonho, e assumem uma atitude passiva na vida, quando não queixosa. Vivem à espera daquele que as salvará da vida desinteressante que possuem e enquanto esperam, sonham. 

  Algumas sonham tanto que se tornam cegas às muitas oportunidades que atravessam sua frente. Isso se passa porque acreditam que por esse tipo de amor simplesmente basta esperar, não precisam fazer nada, não precisam ter uma participação ativa e não precisam se colocar presentes no mundo. 

  De certa forma são aqueles adultos que não amadureceram afetivamente e projetam sua dificuldade nas falhas do mundo,

em vez de perceberem onde erram e no que podem mudar. A relação com o mundo também é uma via de mão dupla, não se pode ser totalmente passivo, é necessário perceber a combinação de forças e é preciso conhecer a sua. 

  Como crianças que esperam que seus pais os digam o caminho a ser seguido ou até que os oriente na melhor escolha, assim são muitos adultos com relação ao site, esperam que uma ferramenta faça todo o trabalho e selecione em meio a milhares aquele que será o seu grande amor. O site, um amigo, uma festa são apenas meios que conectam um lado ao outro, não oferecem plena garantia, não possuem, inclusive, todo esse poder. Muitos se enganam acreditando que basta preencher campos de interesse para que como uma mágica um perfeito pretendente entre em sua vida. 

  Transformar uma experiência, em algo promissor, dependerá acima de tudo, da atitude de cada um, da capacidade em aliar as chances que a ferramenta oferece, com seu próprio potencial. O grande amor não é aquele do mundo das fantasias, nem aquele que cai no seu colo, é aquele que acontece no mundo real, com pessoas e sentimentos reais participando ativamente dessa construção. 



Fonte


Bjs

quinta-feira, 3 de novembro de 2011