terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Hora de rir

Quando não temos nada para fazer. e morrendo de tédio o melhor a se fazer é ver uma piada, e aqui vai uma rsrs.


Bjss

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Te encontrar


Será que haverá essa possibilidade de te encontrar, se tem porque não fazer isso agora, Por que esperar? A espera é tão dolorida, as vezes acho que não vou aguentar esperar, pode ser que esperar seja o melhor, mas eu me pergunto Pra quê? Pra que esperar se poderíamos está nos amando nesse exato momento, poderíamos está planejando nosso futuro mas não, você quer esperar, tudo bem não tem outra coisa a se fazer a não ser esperar o dia chegar, o dia que a gente vai ser feliz, porque vamos estar juntos, finalmente juntos.

Bjss

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Depois do carnaval

Olá


É gente conseguir relaxar e me divertir ao mesmo tempo no carnaval, fui para um retiro no meio da nada com uns amigos, no meio do nada mesmo porque você olha em volta só vê montanhas eu e a galera ficamos numa chácara numa cidade próxima da onde eu moro, foi muito divertido brincamos bastante e relaxamos bastante, realmente saimos da rotina e conseguimos fugir do carnaval, agora sempre que eu quiser fugir do carnaval vou chamar a galera e ir para a chácara, mas e vocês fizeram o que no carnaval quero saber,

Bjss

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Carnaval


Muitos vão viajar outros vão descansar e alguns vão trabalhar eu, eu vou fazer alguma coisa só sei que vou aproveitar do meu jeito, não sou do tipo que vai curtir o carnaval na maior fulia, gosto de relaxar ou curtir com os amigos num lugar reservado sei lá fugir de tudo isso e como esses dias vai ser de carnaval eu vou dar uma sumidinha só volto quinta, até a volta.

Bjss

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

The Pretty Reckless - You



Ultimamente estou ouvindo as novidades, não todas porque tem algumas que eu prefiro nem comentar, e ontem quando eu vi o video da Taylor Momsen, gostei bastante tanto da música como do clipe, mesmo que eu não sinta saudades de nenhum ex-namorado meu rsrs, mas admito que aprendi com eles, espero que gostem do clip.

Bjss

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Como driblar as diferenças e manter o relacionamento?



Muitos são os pontos de uma relação que precisam ser cuidados para que ela seja longa, prazerosa, enriquecedora e para que acima de tudo o casal consiga driblar as dificuldades que inevitavelmente farão parte da história.

Não existe receita única, cada casal encontrará sua própria forma de alcançar a tão desejada longevidade, parceria e cumplicidade. Estar em uma relação exige grandes doses de maturidade, comprometimento, disponibilidade, desejo e empatia. Tudo parece claro e simples, porém quando posta em prática a manutenção de uma relação é trabalhosa e nada fácil.

O encontro entre duas pessoas que carregam suas diferenças de valores, histórias, modelos, planos não se sustenta apenas com o amor. Ainda que ele seja fundamental não é o suficiente para garantir a solidez da dupla, um grande esforço e dedicação dos dois lados precisam existir para atuarem como parceiros do amor que sentem um pelo o outro, mas que sozinhos não conseguem trabalhar.

Um grande vilão das relações costuma ser a dificuldade em lidar, respeitar e aceitar as diferenças quando elas surgem. Certas fases da vida são mais críticas para um casal e nelas as diferenças podem se intensificar, levando à grandes desentendimentos. Nesses períodos as manias, os hábitos e até as dificuldades de cada um adquirem um tom maior, levando por vezes um casal a criticar ou desvalorizar um ao outro.

A busca pela harmonia deve ser constante com base na capacidade de reflexão, de observação e com o exercício da aceitação do outro como ele é. Estar junto à pessoa é uma escolha, uma decisão livre e não uma obrigação. Por essa razão deve-se aceitar aquilo que foi escolhido por você para fazer parte da sua vida. Com isso não digo que ajustes, trocas, conversas devem deixar de existir, mas quando um da dupla atingir seu limite na capacidade de mudanças o outro deve continuar exercendo sua capacidade de livre escolha e decidir se deseja continuar junto.

O tempo, alguns se apoiam nele, com a esperança que o outro abrirá mão dos defeitos, que promoverá mudanças. Dificilmente aquilo que incomoda no outro irá mudar ao longo dos anos de convivência, ao contrário, certas características tendem a acentuar. Defeitos e qualidades compõem uma personalidade e as tornam única. Apresentar idéias, hábitos, valores, manias, opiniões diferentes, não é uma provocação e sim uma condição das diferenças humanas. Sendo portanto fundamental praticar a tolerância não esquecendo que não apenas o outro, mas todos somos portadores de traços particulares.

Bjss

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Sacanagem

 
Uma coisa que eu detesto na internet é alguém descobrir sua senha e ficar mandando E-mails que você não sabe nem dá onde veio, eu estou falando porque alguém fez isso comigo, na hora fiquei muito indignada por que eu achava que ninguém tinha a minha senha, mas descobrir que uma pessoa descobriu o chato é que eu tive que trocar a senha de todas as minhas redes sociais e eu vou levar uma década para decorar, eu espero que não aconteça isso de novo comigo porque realmente nunca tinha acontecido comigo, só queria mesmo desabafar e alertar todo mundo do obvio.

Bjss

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Expectativas



Todo ano que começa planejamos mil coisas e esperamos que no final do ano consigamos, só que nem sempre isso acontece e nos sentimos frustados, só que o pior vem depois porque como nos sentimos frustados achamos que tudo vai ser daqui em diante que nada vai dar certo, é nesse ponto que devemos parar para pensar e ver que as vezes não era da vontade de Deus e perceber q Deus tem o melhor para a gente.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Sonhos, quantos possam ser...



Sonhos,
Quantos são,
Tantos virão.

Muitos vãos
Vêm logo se vão
Sem que eles
Pouse luz.
Outros,
Brilho apenas.

Me pergunto:
Quantos sonhos
Vão raiar comigo,
Quantos sonhos
Hão de ser,
E quantos não
Terão a mesma sorte

Nada mudou
Sonhos
Sãos ou vãos
São fantasias,
Até que um dia,
Um deles deixe de ser
Bruma, neblina,
Passa ser real.

Mas tantos sonhos
Não ainda impulsionar a vida
E ocupar o vão
Entre o quase nada,
O todo – o tudo,
Quantos serão os dias
Da minha existência
Na atual caminhada
Com ou sem rumo.

                                Marcel de Brot


Bjss

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

10 dicas para começar o ano com um novo amor


A expectativa de um ano novo é ótima para se motivar e encontrar um companheiro, mas como identificar uma cara metade? "As pessoas tendem a procurar pessoas em baladas e locais impessoais, na verdade as pessoas mais compatíveis são as que partilham seus hábitos e modo de vida, por isso tendem a estar mais próximas de você".


Confira 10 dicas para ir direto ao ponto na busca de um amor para chamar de seu!

1 - Procure fisicamente uma pessoa com características parecidas com a sua: altura, peso e compleição física. Naturalmente pessoas parecidas fisicamente se atraem, parecem "familiares" umas para as outras.

2 - Escolha uma pessoa da mesma classe social que a sua é mais fácil se relacionar, pois tem as mesmas referências culturais que você. Você pode identificar a classe social por meio da maneira de vestir e locais frequentados.

3 - Frequente locais adequados. As chances de encontrar sua cara metade em locais com frequência compatível com sua classe social e interesses é bem maior. Sinal que vocês têm os mesmos gostos e preferências.

4 - Identifique comportamento e classe social por meio da etiqueta à mesa, modo de sentar, tom de voz e se servir.

5 - Case com quem você gosta de conversar. Você já ouviu isso? É verdade. Converse e perceba o verbo, gírias, forma de gesticular e posicionamento em relação aos assuntos importantes para você.

6 - Perceba a relação com a família, pois as pessoas tendem a repetir o modelo aprendido pelo pai e pela mãe. Veja se o modelo se encaixa com o seu.

7 - Criação: Converse sobre a infância e entenda sobre os valores que adquiriu e valoriza, aqui existe outra tendência a repetição.

8 - Compartilhe planos para o futuro e perceba se combina com os seus para saber se este relacionamento vai durar.

9 - Perceba como a pessoa lida com o dinheiro dela e se é ambiciosa ou não. Perceba as compatibilidades.

10 - Decida que tipo de união pretende: casamento, morar junto, namorar, "namorido" e veja se o outro compartilha com você dos mesmos objetivos.

Essas dicas são apenas para nortear a escolha. É claro que um envolvimento exige, antes de tudo, disponibilidade emocional. Estar pronta para ceder, se doar, dividir, abdicar, ouvir, se expor, se entregar, perdoar. E, sobretudo, permitir-se amar e ser amada, entendendo que todo bônus tem um ônus. E que para colhermos frutos, temos que plantar. Para viver um grande amor, temos que experimentar. Permita-se!


E ai gostaram das dicas

Bjss