quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Em 2013, pense menos e faça acontecer!

Em 2013, pense menos e faça acontecer!


Certamente, você já ouviu o ditado que avisa “quem muito pensa, pouco faz!”. Claro que ser inconsequente e agir sem nenhum bom senso não são boas dicas, mas convenhamos: quantas vezes deixamos de tomar uma atitude ou de fazer acontecer porque nossos pensamentos nos freiam, ou pior, nos paralisam? 

Pensar é ótimo quando na medida certa. Mas pensar demais é uma maneira terrível de se autoenganar. Com frases-feitas do tipo “segunda-feira eu começo”, “amanhã estarei mais tranquilo” ou “ainda não é a melhor hora”, vamos postergando sonhos, abandonando ideias, desistindo de projetos, dentre outras negligências que nos conduziriam à felicidade que tanto almejamos. 

O problema, na verdade, é o medo que a maioria das pessoas tem de sair da cômoda posição de “como é difícil viver e chegar lá” para simplesmente se levantar e fazer. Mexer-se e tentar. Se vai mesmo dar certo? Você não saberá até arriscar! Eu não saberei até me encher de coragem e pagar pra ver! 

Mas quer saber? Dá muito mais certo do que supomos! Mas infelizmente, a mesma maioria prefere continuar se lamentando, apostando que sucesso, realização e prosperidade são privilégios de poucos. E esse “poucos” não lhe contém, não lhe cabe! 

Bem, você pode até não acreditar, mas a escolha é sua. Somente sua! O mundo é incrivelmente abundante. E é seu também! Ou você toma parte nisso, ocupa seu lugar e aprende, de uma vez por todas, que não é preciso tirar do outro porque tem pra todo mundo; ou vai passar a vida toda mendigando amor, alegria, prazer e paz. 

Tudo é uma questão de parar de analisar tanto, de julgar tanto e de adiar tanto. Trata-se de parar de contabilizar. Chega de comparações. De achar que para o outro é mais fácil. Somos todos singulares. Cada qual com seu potencial e sua limitação. Todos humanamente em busca... 

Sei que dito assim, de forma tão direta, parece até um deboche. Você pensa: “viver não é assim tão simples!”. É sim! É mesmo! Basta que a gente se conecte. Deixe-se fluir. Basta que a gente relaxe os músculos, respire fundo e pare de brigar tanto, resistir tanto, endurecer tanto. Mas simplicidade, para nós, raramente é sinônimo de facilidade. Como aprendemos a complicar e dificultar desde muito cedo, o simples não nos é fácil, na maioria das vezes. 

Mas é possível e vale muito, muito a pena! Tem a ver com desejo de alma! Permita-se desejar! 

O QUE VOCÊ QUER? O que você REALMENTE quer? Pergunte-se e ouse responder. Ouse querer de verdade! Viajar para onde? Trabalhar com o que? Ganhar quanto? Que tipo de amor quer viver? Com que tipo de alma deseja compartilhar sua história? 

Sobretudo, que tipo de pessoa você quer ser? Com que tipo de pessoa a felicidade combina? Entre o universo e uma pessoa feliz, que tipo de conexão existe? Sim, você sabe a resposta. Talvez ainda não saiba como lapidar essa conexão, tornando-a tão tênue e limpa que por ela flua a mais genuína e autêntica clareza para todos os caminhos que deseja percorrer! Mas pode aprender! Aí está o segredo! 

Que em 2013, em vez de deixar sua mente te aprisionar numa “vidinha mais ou menos”, aceitando mediocridades e monotonias, saia de frente da tevê, pare de engolir verdades prontas e crie e modele e construa um novo enredo para sua história! 

Comece agora, pegando uma folha de papel, uma caneta e traçando um plano! Seu plano de vida para 2013! Divida por áreas: pessoal, amorosa, saúde, finanças, família, trabalho, etc. Capriche! Trata-se de uma nova chance. E no que depender de você, faça o seu melhor! Porque no que depender deste espaço que compartilhamos, o amor está no ar...


E ai gostaram?

Bjss

2 comentários:

Aurora disse...

Faça planos e se esforce para colocá-los em prática. De nada adianta um pedaço de papel e palavras rabiscadas.
Lindo o blog!
Beijo.

umsoprononada.blogspot.com.br

Stephanie Ramos disse...

Adorei , nós sempre queremos as coisas mas nunca vamos atrás delas!

http://www.coturnorosachoque.blogspot.com.br/