sábado, 5 de novembro de 2011

Não fique esperando o amor cair do céu!




  Para muitos a ideia do amor encantado ainda rege suas vidas afetivas. Esperam que sem qualquer esforço aquele par ideal surja e que sejam, como dizem, felizes para sempre. A ideia de amor romântico funciona por um breve período da vida, na adolescência, quando a combinação de sonhos, fantasias, ingenuidade e inexperiência levam a essa crença. É a fase do primeiro amor, das primeiras experiências de interesse por alguém, um ensaio juvenil que os prepara para a vida amorosa adulta. 

 Ocorre que inúmeros adultos, homens e mulheres, possivelmente mais as mulheres pelo que vemos em depoimentos e testemunhos, cristalizam e paralisam suas vidas sem que consigam sair desse sonho, e assumem uma atitude passiva na vida, quando não queixosa. Vivem à espera daquele que as salvará da vida desinteressante que possuem e enquanto esperam, sonham. 

  Algumas sonham tanto que se tornam cegas às muitas oportunidades que atravessam sua frente. Isso se passa porque acreditam que por esse tipo de amor simplesmente basta esperar, não precisam fazer nada, não precisam ter uma participação ativa e não precisam se colocar presentes no mundo. 

  De certa forma são aqueles adultos que não amadureceram afetivamente e projetam sua dificuldade nas falhas do mundo,

em vez de perceberem onde erram e no que podem mudar. A relação com o mundo também é uma via de mão dupla, não se pode ser totalmente passivo, é necessário perceber a combinação de forças e é preciso conhecer a sua. 

  Como crianças que esperam que seus pais os digam o caminho a ser seguido ou até que os oriente na melhor escolha, assim são muitos adultos com relação ao site, esperam que uma ferramenta faça todo o trabalho e selecione em meio a milhares aquele que será o seu grande amor. O site, um amigo, uma festa são apenas meios que conectam um lado ao outro, não oferecem plena garantia, não possuem, inclusive, todo esse poder. Muitos se enganam acreditando que basta preencher campos de interesse para que como uma mágica um perfeito pretendente entre em sua vida. 

  Transformar uma experiência, em algo promissor, dependerá acima de tudo, da atitude de cada um, da capacidade em aliar as chances que a ferramenta oferece, com seu próprio potencial. O grande amor não é aquele do mundo das fantasias, nem aquele que cai no seu colo, é aquele que acontece no mundo real, com pessoas e sentimentos reais participando ativamente dessa construção. 



Fonte


Bjs

5 comentários:

HONORATO,Sandro. disse...

Gostei do post.
Esperar o amor cai do céu e como fica olhando pro texto achando que será feliz...temos que ir a luta ^^

Beijos e um excelente final de semana

Gleyce K disse...

Muitas mulheres esperam o "príncipe" encantado, o homem perfeito, mas ficam ali, de braços cruzados, achando que o amor de sua vida irá cair do céu.

http://mundofashionfemenino.blogspot.com/

Beijinhos!!!

★★ GIZA ★★ disse...

Lindo post.
beijos

Simara*Plantão Da Beleza* disse...

Falou tudo linda temos que ir a luta pelo amor perfeito adorei.
Te espero por lá viu.
http://plantaodabeleza.blogspot.com/
Beijosssss Simara

Marcos de Sousa disse...

O difícil é que esse grande amor está difícil de construir.

Beijos